Cirurgia da Unha Encravada

O tratamento é realizado com anestesia local e consiste na retirada parcial da unha doente.
A unha encravada (Onicocriptose) ocorre quando uma das pontas da unha, ao crescer,  literalmente “penetra” na pele em volta dela.

O processo decorre de um aumento na pressão sobre a unha ou suas pregas, causado principalmente pelo ato de apará-las de forma errada  ou usar sapatos apertados ou de pontas finas.

O encravamento se caracteriza pela  inflamação  e vermelhidão dos cantos da unhas, que podem até mesmo soltar pus e provocar dores com intensidade variada.

Recidivas não são comuns, mas podem ocorrer.
Naqueles pacientes com tendência a ter unhas em telha (arredondada) é possível fazer abrasão da unha.

A cirurgia da unha e feita com anestesia local e, na maioria das vezes, não é necessário retirar toda a unha. O tratamento pode ser feito também com uma técnica nova chamada fenolização de matriz ungueal.

Em vez de de cortar a unha, o dermatologista aplica um ácido que destrói parte da unha que estava encravada e o local cicatriza mais rapidamente, sem necessidade de cortes e pontos.