Hiperidrose

HIPERIDROSE é a condição clínica definida como sudorese excessiva  que ocorre principalmente nas mãos, nas axilas, nos pés e na face, de forma simétrica, sendo sua etiologia desconhecida.

É um distúrbio crônico acompanhado de constrangimento pessoal, angústia e aflição social, podendo interferir nas atividades diárias e na qualidade de vida dos pacientes.

Tem prevalência relatada de cerca de 0,6% a 1% da população, sendo mais comum em adolescente e adultos jovens, existindo associação familiar em aproximadamente 12,5% a 56,5% dos casos.

Não existe diferença na incidência da HIPERIDROSE em ambos os sexos, porém ocorre uma falsa impressão do predomínio entre as mulheres, pois elas procuram o tratamento com maior freqüência.

A HIPERIDROSE pode surgir desde a infância, porém manifesta-se com maior intensidade na adolescência.

Ocorre em todas as estações do ano, inclusive no inverno. Em situações de estresse, ansiedade, medo e nervosismo, observam-se piora dos sintomas.

Não há nenhum estudo na literatura atual relacionando o aumento da intensidade do suor com o avanço da idade. Vários estudos demonstram que a severidade do suor parece reduzir após os 50 anos.