O que é Laser?

O termo Laser significa “ampliação da luz pela emissão estimulada de radiação” (do inglês Light Amplification by Stimulated Emission of Radition).

Lasers de CO2 e Argônio foram desenvolvidos para o tratamento de várias doenças de pele como hemangiomas e outras lesões benignas, principalmente cicatrizes hipertróficas e inestéticas.

A cirurgia cutânea com Laser foi revolucionada, na década de 1980, com a introdução da teoria da fototermólise seletiva, que propõe a destruição específica de um cromóforo ( pigmento alvo) por um comprimento de onda de luz específico com efeito térmico à distância.

 

Quando o Laser é disparado no tecido ele é absorvido por cromóforos.

Os principais são hemoglobina, melanina, água, caroteno e tinta exógena de tatuagens. Três efeitos podem ocorrer:

– Fototérmico : quando o alvo é destruído resultando em formação de calor local

– Fotoquímico : quando ocorre interação com agentes fotossenbilizantes, reação observada na terapia fotodinâmica

– Fotomecânico : quando ondas acústicas se formam levando a uma rápida expansão do tecido e sua explosão

A penetração da luz do Laser depende de sua absorção e dispersão. Em geral, quanto maior o comprimento de onda da luz visível, maior sua penetração no tecido.

Há vários tipos de Laser em Dermatologia. Os contínuos são aparelhos mais antigos, cujos feixes de luz são emitidos na pele sem descanso (CO2 e argônio) e, portanto, levam maior chance de cicatrizes. Os quase-contínuos são Lasers que, mecanicamente, interrompem os feixes contínuos.

Os Lasers pulsados emitem os feixes em intervalos, dando tempo suficiente para o tecido se resfriar, o que aumenta a chance de bons tratamentos.

Os QS (Quality-Swiched Lasers) são Lasers pulsados que armazenam uma grande quantidade de energia em sua cavidade óptica e que a liberam em pulsos de nanossegundos e são usados no tratamento de tatuagens.

As principais aplicações dos Lasers na Dermatologia são referidas a seguir:

– Laser em Lesões Vasculares

– Laser em Lesões Pigmentadas

– Epilação

– Rejuvenescimento: Ablativo e Não Ablativo

– Luz Intensa Pulsada

– Terapia Fotodinâmica